RSS

Meditações sobre o Hino Nacional Brasileiro

14 dez

Olá queridos do Blog,

Esses dias tenho cantado bastante o Hino Nacional, ensaiando para participar da festa de fim de ano da RedeTV. Depois da minha participação cantando “Esperança” no programa “Direito de Viver”, que levantou fundos para o Hospital de Câncer de Barretos, graciosamente feito por essa emissora de TV, fui convidada para cantar o nosso Hino em mais uma programação especial. Fiquei muito feliz, pois amo nossa nação, e vejo esta como mais uma oportunidade de abençoá-la diante de milhões e milhões de pessoas que possivelmente assistirão.

Ensaiando (para não fazer feio e não errar a letra! Orem por mim!), tenho me deliciado na poesia do nosso Hino. Já escutei algumas pessoas criticando o Hino e o julgando mal. Mas, se prestarmos atenção, sem preconceitos do nosso “evangeliquês”, perceberemos como é bonito, e até mesmo encontraremos bênçãos proclamadas sobre a nossa Terra na letra do nosso Hino Nacional Brasileiro.

Deixo com vocês informações sobre o Hino (pra quem não se lembra mais dos tempos de escola!) e algumas das minhas reflexões:

História e Informações

A letra do hino nacional do Brasil foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada (1870 – 1927) e a música é de Francisco Manuel da Silva (1795-1865). Tornou-se oficial no dia 1 de setembro de 1971, através da lei nº 5700.

Existe uma série de regras que devem ser seguidas no momento da execução do hino. Deve ser executado em continência à Bandeira Nacional, ao presidente da República, ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso Nacional. É executado em determinadas situações, entre elas: cerimônias religiosas de cunho patriótico, sessões cívicas e eventos esportivos internacionais.

Letra do Hino Nacional Brasileiro
I
OUVIRAM DO IPIRANGA AS MARGENS PLÁCIDAS
DE UM POVO HERÓICO O BRADO RETUMBANTE, (Sei que a Independência não foi bem assim… Mas agradeço a Deus por não sermos um país com histórico de muitas guerras. Somos uma nação diplomática e vejo isso como virtude. Mas, hoje em dia podemos ouvir sim, os “brados retumbantes” de um povo que “guerreia” pela libertação do país de todas as opressões. Afinal, entendemos que nossa luta não é contra “carne ou sangue, mas contra principados e potestades” Ef6. Em nossas Igrejas sabemos dar brados de vitória retumbantes!)
E O SOL DA LIBERDADE, EM RAIOS FÚLGIDOS,,
BRILHOU NO CÉU DA PÁTRIA NESSE INSTANTE.
SE O PENHOR DESSA IGUALDADE
CONSEGUIMOS CONQUISTAR COM BRAÇO FORTE,
EM TEU SEIO, Ó LIBERDADE,
DESAFIA O NOSSO PEITO A PRÓPRIA MORTE! (Às vezes penso que não damos valor à Liberdade que temos em nosso país. Liberdade de expressão, religiosa, de ir e vir. Muitos cristãos são perseguidos, presos, martirizados no mundo. No Brasil precisamos valorizar e aproveitar a Liberdade que temos! Pregar o Evangelho em todos os lugares, e cultuar ao nosso Deus em alto* e bom som! *Não tão alto! rsrs)

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA, (Nosso preconceito “evangeliquês” nos faz “jogar fora” tudo o que soa católico romano, pois associamos o termo “idolatrada” ao uso das imagens de escultura pelos cristãos romanos. Vejo essa expressão no Hino nos falando do amor profundo à nação, de uma devoção à pátria. Não vejo problema algum em cantar isso, mesmo eu sendo uma cristã protestante. Sou patriota e profundamente comprometida com a minha nação.)
SALVE! SALVE!

BRASIL, UM SONHO INTENSO, UM RAIO VÍVIDO
DE AMOR E DE ESPERANÇA À TERRA DESCE, (Amo a idéia de que um intenso sonho, um raio vívido de amor e de esperança desce à nossa Terra. Eu tenho sonhado intensamente, sonhos de amor e de esperança para o nosso Brasil. Jesus é o Sol da Justiça que raia e traz cura em suas asas Mal4:2; Deus é amor IJo4:8 e é o Deus de Esperança Rm15:13!)
SE EM TEU FORMOSO CÉU, RISONHO E LÍMPIDO, (Que linda poesia de que nosso céu é risonho e límpido, claro, iluminado! Isso é verdade, pois em tantas nações o céu é sempre nublado, acinzentado, causa até de depressão. No Brasil temos um céu claro, azul, maravilhoso! Motivo de sermos um povo verdadeiramente risonho!)
A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECE. (Amo olhar para o céu estrelado. E no nosso hemisfério vemos o Cruzeiro do Sul! Linda lembrança da Cruz…)
GIGANTE PELA PRÓPRIA NATUREZA, (Somos um país de dimensões continentais! Muitas nações, como o próprio Estado de Israel, são menores que Sergipe! A extensão territorial brasileira é privilégio e desafio, para governar e administrar tanto recursos quanto necessidades.)
ÉS BELO, ÉS FORTE, IMPÁVIDO COLOSSO,
E O TEU FUTURO ESPELHA ESSA GRANDEZA. (Amém e amém! Nosso futuro está refletido nesta grandeza territorial! “Eu é que sei que pensamentos tenho sobre vós, diz o Senhor. Pensamentos de paz e não de mal, para vos dar uma esperança e um FUTURO” Jer29:11)

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL, (O coração de Deus, desde o princípio, é para todas as nações. A Abraão prometeu: “Em ti serão benditas TODAS as famílias da Terra” Gn12:3. Em meu coração também arde um amor por todos os povos, mas existe um amor e um compromisso especial para com a minha própria nação. Minha Terra, que me deu cultura, costumes, idioma, identidade, família, amigos, lembranças… Por isso, canto orgulhosamente que “entre outras mil, és tu, Brasil, ó pátria amada!”)
ÉS TU,BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!

II
DEITADO ETERNAMENTE EM BERÇO ESPLÊNDIDO, (Já ouvi críticas a esta expressão. Mas, vejo que é uma poesia exaltando o fato de que nosso país é geograficamente grande, abençoado com clima, recursos naturais riquíssimos, como alguém que nasceu em “berço de ouro”, como um bebê que recebe uma herança graciosa sem ter feito algo para a merecer.)
AO SOM DO MAR E À LUZ DO CÉU PROFUNDO,
FULGURAS, Ó BRASIL, FLORÃO DA AMÉRICA,
ILUMINADO AO SOL DO NOVO MUNDO! (Sim! O Brasil de 1700 brilhava como o “Novo Mundo” que estava sendo descoberto e explorado! E até hoje o Brasil brilha e encanta ao som do vasto mar do nosso enorme litoral, debaixo do nosso céu azul e profundo, como descreve o poeta. Somos como uma flor de ouro, o “florão” do Continente Americano!)
DO QUE A TERRA MAIS GARRIDA,
TEUS RISONHOS, LINDOS CAMPOS TÊM MAIS FLORES;
“NOSSOS BOSQUES TEM MAIS VIDA,”
“NOSSA VIDA” NO TEU SEIO “MAIS AMORES”. (Em minha experiência morando fora do Brasil concordo com o poeta, porque apesar de admirar as belezas de outras Terras, meu coração sempre volta às lembranças e recordações da beleza natural brasileira. E não apenas isso, mas concordo que minha vida, em “seio brasileiro”, vive muito mais amores! Nada como as raízes, as conexões, a sensação de pertencimento que tenho no Brasil. É uma história de vida, de lembranças, de relacionamentos, que levaria muito tempo para reconstruir e estabelecer em qualquer outro lugar…)

Ó PÁTRIA AMADA,
IDOLATRADA,
SALVE! SALVE!.

BRASIL, DE AMOR ETERNO SEJA SÍMBOLO
O LÁBARO QUE OSTENTAS ESTRELADO, (Amo esta expressão do nosso Hino! Que o lábaro estrelado que temos, a bandeira cheia de estrelinhas que representam cada estado brasileiro, seja símbolo! Símbolo de prosperidade, de paz, de justiça. Que ao olharem nossa bandeira outras nações a admirem, associem à uma boa fama e um novo nome que a boca do Senhor dirá a nosso respeito Isa62)
E DIGA O VERDE-LOURO DESSA FLÂMULA (Gosto tanto da nossa bandeira…Lembro-me do tempo em que os brasileiros não vestiam verde e amarelo. O Senhor me pediu que usássemos as cores da bandeira nas nossas ministrações. Isso nos ajudou muito a internalizar esta devoção à causa de orar e crer no bem que Deus quer e está trazendo ao nosso Brasil! Um dos versículos que aprendemos e decoramos foi IICro7:14 “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar e me buscar, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e SARAREI A SUA TERRA”.)
-PAZ NO FUTURO E GLÓRIA NO PASSADO.
MAS, SE ERGUES DA JUSTIÇA A CLAVA FORTE,
VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA, (Quero ser esse filho que não foge à luta! Assim como muitos brasileiros eu poderia morar e viver para sempre em praticamente qualquer lugar do mundo. Mas, tenho o Brasil como um compromisso diante de Deus. Farei de tudo o que estiver ao meu alcance para abençoar e escrever uma nova História para o nosso Brasil. Isso me faz lembrar o Pr Ezequiel Teixeira, do RJ. Uma irmã de sua Igreja morreu por uma bala perdida que a atingiu na cabeça, ao sair de um culto em Irajá. Ainda assim, ele, que tem congregações que o receberiam em muitas partes do Brasil e outras nações, escolhe servir ali e crer na transformação do país.)
NEM TEME, QUEM TE ADORA, A PRÓPRIA MORTE. (Para nós, cristãos, não deveria ser difícil entender os sacrifícios de renunciar a si mesmo em favor de uma causa. Em favor de um Brasil mais justo, mais risonho (como o próprio Hino o chama por duas vezes!), que estejamos dispostos a doar nossas próprias vidas!)

TERRA ADORADA,
ENTRE OUTRAS MIL,
ÉS TU, BRASIL,
Ó PÁTRIA AMADA!
DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL, (Mais do que nunca o Brasil é país de oportunidades, de recursos naturais quase inesgotáveis e de um povo forte, guerreiro, criativo, que não desiste de sorrir e de acreditar. Realmente entendo que nosso problema está na administração deste vastos recursos e na sua distribuição ao nosso povo tão batalhador! Brasil é mãe gentil sim, que não se nega a quem precisa e busca. Minha oração se concentra em clamar a Deus por governantes capazes e honestos para servir ao povo, herdeiro das riquezas gentilmente cedidas por esta mãe maravilhosa, a nação brasileira)
PÁTRIA AMADA,
BRASIL!

Vocabulário (Glossário)

Plácidas: calmas, tranqüilas
Ipiranga: Rio onde às margens D.PedroI proclamou a Independência do Brasil em 7 de setembro de 1822
Brado: Grito
Retumbante: som que se espalha com barulho
Fúlgido: que brilha, cintilante
Penhor: garantia
Idolatrada: Cultuada, amada
Vívido: intenso
Formoso: lindo, belo
Límpido: puro, que não está poluído
Cruzeiro: Constelação (estrelas) do Cruzeiro do Sul
Resplandece: que brilha, iluminidada
Impávido: corajoso
Colosso: grande
Espelha: reflete
Gentil: Generoso, acolhedor
Fulguras: Brilhas, desponta com importância
Florão: flor de ouro
Garrida: Florida, enfeitada com flores
Idolatrada: Cultivada, amada acima de tudo
Lábaro: bandeira
Ostentas: Mostras com orgulho
Flâmula: Bandeira
Clava: arma primitiva de guerra, tacape
E sobre a belíssima melodia, deixo partes do texto de J.R.Guzzo no artigo “Esse é o hino”, retirado do link http://sergyovitro.blogspot.com/2010/06/j-r-guzzo-esse-e-o-hino.html
“Se de quatro em quatro anos, por ocasião das Copas do Mundo de futebol, milhões de pessoas pelo planeta afora têm a oportunidade de entrar em contato com uma das melhores realizações que o Brasil já foi capaz de pôr em pé – o Hino Nacional Brasileiro, tocado e transmitido globalmente antes do começo de cada jogo. É sempre um momento de sucesso garantido junto ao público. O time, no campo, pode ir melhor ou pior, mas o hino não falha nunca. Seus primeiros acordes já deixam claro para a plateia presente aos estádios que ela vai ouvir, nos instantes que se seguem, música de primeira qualidade no gênero; dali para a frente as coisas só melhoram. Ao se executar a última nota, todos os que prestaram atenção ao que estavam ouvindo ficam com a impressão de ter recebido um brinde inesperado antes do jogo: em vez da monotonia habitual dos hinos nacionais, em geral áridas arrumações de movimentos marciais que têm como característica mais notável o fato de parecerem todas iguais umas às outras, o que se ouve é uma das melodias mais vibrantes, calorosas e inspiradas que se podem escutar numa cerimônia oficial.

Não há um momento sequer de tédio no Hino Nacional; tudo ali é energia, emoção e vigor. Com quase 200 anos de vida, a peça composta por Francisco Manuel da Silva em 1822 mantém intactas até hoje todas as qualidades que fizeram dela uma das composições mais bem-sucedidas na história da música brasileira. Escrita originalmente em homenagem à Independência, e oficializada como Hino Nacional Brasileiro após a proclamação da República, a obra de Francisco Manuel tem um longo histórico de aplausos. Louis Gottschalk, o grande compositor americano do século XIX, que morreu no Brasil em 1869 e tinha entre seus admiradores Chopin, Liszt e Berlioz, considerava-a um dos melhores momentos da criação musical de sua época; em sua homenagem, escreveu a celebrada Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro. É bom notar, também, que nas Copas do Mundo o Hino Nacional costuma ter competidores de primeiríssima linha, como agora – a começar, por exemplo, pelo extraordinário Deutschland Über Alles, o hino nacional da Alemanha, composto por ninguém menos que Joseph Haydn. Concorre, também, com grandes clássicos como o God Save the Queen, o hino não oficial da Inglaterra, e outros sucessos habituais como os hinos da Itália e dos Estados Unidos – isso sem falar na Marselhesa, da França, provavelmente o hino nacional mais conhecido do mundo. Não é fácil brilhar nessa companhia.

Mas e a letra? Já se falou mal o suficiente da letra do Hino Nacional para que se ganhe alguma coisa insistindo no assunto. Sua linguagem, provavelmente, já era antiquada na época em que foi escrita, 101 anos atrás; é confusa, às vezes absurda, e muito pouca gente consegue decorá-la direito, mesmo porque muito pouca gente entende o que ela está dizendo. Mas isso não afeta a melodia nem embaça o gênio de Francisco Manuel – que, por sinal, já estava morto quase meio século antes de colocarem palavras em sua música. Além do mais, a letra do Hino Nacional nunca causou prejuízo a ninguém – e, francamente, talvez nem seja pior que a média das letras presentes em hinos de outros países, em geral obcecadas por sangue, morte, canhões, tiranias e outros horrores. O mais prático, portanto, é deixar tudo como está, antes que venha a ideia de adotar uma nova letra através de concurso público. Com certeza teríamos muita saudade, aí, do lábaro estrelado e dos raios fúlgidos.”

Enfim, aí está a minha mais recente experiência com nosso Hino Nacional. Obrigada papai (Pr Márcio!), pela colaboração, em pesquisas na internet sobre nosso tão complexo – e abençoado – Hino!

Fonte:Blog da Ana

 
Deixe um comentário

Publicado por em dezembro 14, 2010 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: